Um fim de semana em Querétaro

Aqui no México a gente faz tudo pra fugir da Cidade do México, sempre que é possível, em algum feriado ou fim de semana estamos ‘fugindo’ dessa loucura… nesse último feriado prolongado que teve aqui (o último fim de semana) fomos a Querétaro.

Santiago de Querétaro é a capital do estado de Querétaro, fica aproximadamente a uns 200km da Cidade do México. O que é inacreditável: o clima é muito melhor (mais quente e úmido), a cidade é muito limpa (muito mesmo, eles até tem um prêmio por isso) e tem muito verde, árvores, paisagens, vinhedos…

Vinhedo em Querétaro

Vinhedo e Peña del Bernal al fundo – o segundo maior monolito do mundo

Como fomos em época de comemoração da independencia mexicana, havia todo tipo de comida nacional, mas provamos um prato típico “Enchiladas Queretanas”. Em poucas palavras, ‘enchilada’ é uma tortilla recheada com alguma coisa e com um molho de chiles (por isso enchilada), acompanhada com creme de leite (muitos pratos são acompanhados com creme de leite aqui) e queijo fresco, e também salada de batatas com cenouras.

Outra coisa que é muito mexicana é a gordita – e lá tinha de monte! É feita com massa de milho e manteiga de porco, recheada com qualquer coisa (picadinho, chiles, frango, porco, etc) e frita ou asada.

As gorditas são assadas no comal – essa chapa grande

Foi a melhor gordita que eu comi na minha vida! Na foto são essas que aparecem mais escuras, porque a massa era de milho azul.  É um sabor muito diferente de qualquer coisa que eu tenha comido no Brasil… simplesmente não dá pra explicar, tem que vir para o México comer! A minha era recheada de picadinho, mas me arrependi de não pedir de huitlacoche (fungo do milho) – juro que é uma delícia!

Outra coisa muito típica do México são lugares onde vendem sorvetes caseiros. Lá em Queretaro tem um sabor ‘especial’ que se chama mantecado. É feito com ovos, leite e manteiga, se eu me lembro bem. Também tomei o de mamey. É uma fruta parecida ao mamão.

Sorvetes de mamey, limão e mantecado

O México é um país muito rico em cultura gastronômica e aos poucos eu vou tentar mostrar pra vocês o que eu conheci aqui!

 

Beijos,
Ana

 

Facebook Comments

Ana Poli

Ana nasceu e cresceu em Jundiaí, Sao Paulo, e aos 17 anos embarcou numa aventura – forçada, diga-se de passagem – de mudar-se com a sua família para a Cidade do México. Lá se formou em Gastronomia, e aprendeu que o mundo é grande demais para passar desapercebido. Hoje em dia vive na Estônia, trabalha como cozinheira e adora viajar, comer, e contar tudo no seu blog elculinario.org.

0 Comments

  1. Adoro ver esses seus posts… muito legal aprender sobre essa parte tão importante da cultura de outro país. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *